repositorio

O inventário das plantas do Tremontelo

 

  Conteúdos

  1. Descrição
  2. Organização
    1. Clados
    2. Ordens
    3. Famílias
    4. Espécies
  3. Acesso
    1. por navegação
    2. por pesquisa

 

Descrição

Em inventário encontra-se o repositório das espécies inventariadas organizadas por níveis taxonómicos.

Organização

O levantamento das as espécies botânicas está organizado em árvore de acordo com o sistema taxonómico adoptado, o APGIII, com algumas pequenas adaptações. São 4 os níveis optados: Clados, Ordens, Famílias e Espécies.

Clados

A informação relativa a cada clado está estruturada da seguinte maneira:

Cladograma

O cladograma referente a cada clado é, geralmente, uma parte do cladograma das ordens e grandes famílias na APG III (Ver Árvore das ordens APG III em Botânica | Classificação Ordinal | Documentos)

Ordens

Apresenta uma lista das ordens do clado. Sempre que o nome de uma ordem é representado por caracteres a azul sobre fundo cinzento, significa que tem ligação para a página dessa ordem (e, portanto, que há, pelo menos uma espécie representante dessa ordem inventariada no Sítio do Tremontelo). Se está representado pr caracteres negros sobre fundo branco, quer dizer que essa ordem é apenas enunciada na lista sem mais informação.

Mais informação.

Aponta para todo o tipo de referências relacionadas com o clado descrito, desde sites online a livros e revistas. Em muitos casos, considera-se que as referências online contêm informação suficiente que dispensa (temporariamente) uma descrição mais elaborada da minha parte. É tudo uma questão de tempo e o tempo é o recurso mais escasso das nossas vidas. Em Ajuda | Referências encontram-se vínculos para as páginas principais dos sítios online e as referências bibliográficas das obras físicas consultadas.

... ver referências ►

Ordens

A informação relativa a cada ordem está estruturada da seguinte maneira:

Famílias

Apresenta uma lista das famílias da ordem. Sempre que o nome de uma família é representado por caracteres a azul, significa que tem ligação para a página dessa família (e, portanto, que há, pelo menos uma espécie representante dessa família inventariada no Sítio do Tremontelo). Se está representado pr caracteres negros, quer dizer que essa família é apenas enunciada na lista sem mais informação.

Descrição

Breve descrição da ordem

Cladograma

Cladograma da ordem

Características

Descrição mais aprofundada estruturada de acordo com as propriedades morfológicas típicas da ordem

Mais informação.

Aponta para todo o tipo de referências relacionadas com a ordem descrita, desde sites online a livros e revistas. Em muitos casos, considera-se que as referências online contêm informação suficiente que dispensa (temporariamente) uma descrição mais elaborada da minha parte. É tudo uma questão de tempo e o tempo é o recurso mais escasso das nossas vidas. Em Ajuda | Referências encontram-se vínculos para as páginas principais dos sítios online e as referências bibliográficas das obras físicas consultadas.

... ver referências ►

Famílias

A informação relativa a cada familia está estruturada da seguinte maneira:

Descrição

Breve descrição da família

Subfamílias / Géneros e espécies

Apresenta uma lista das espécie da ordem. Por regra, o nome de cada espécie é representado por caracteres a azul, o que significa que tem ligação para a página dessa espécie (e, portanto, que está inventariada no Sítio do Tremontelo). Ocorrendo várias espécies do mesmo género, o género é indicado. Nos casos em que a família tem um grande número de espécies, os géneros são agrupados em subfamílias.

Mais informação.

Aponta para todo o tipo de referências relacionadas com a família descrita, desde sites online a livros e revistas. Em muitos casos, considera-se que as referências online contêm informação suficiente que dispensa (temporariamente) uma descrição mais elaborada da minha parte. É tudo uma questão de tempo e o tempo é o recurso mais escasso das nossas vidas. Em Ajuda | Referências encontram-se vínculos para as páginas principais dos sítios online e as referências bibliográficas das obras físicas consultadas.

... ver referências ►

Espécies

A informação relativa a cada espécie está estruturada da seguinte maneira:

Fotos.

Fotografias representativas da espécie. À medida em que for sendo possível, incluirei os exemplares em contexto, um ou vários exemplares completos, e partes do exemplar (flores, folhas, raízes, sementes, etc.). As fotografias estão em formato reduzido para não tornar a navegação demasiado lenta. Todas as fotografias foram colhidas no Sítio do Tremontelo. As fotografias estão associadas ao nome binomial e aos nomes comuns. No caso de árvores frutíferas, o nome comum é, em princípio, o da árvore e não o do fruto.

Classificação. 

Designações científicas das várias classes taxonómicas a que pertencem os exemplares fotografados. Cada espécie é identificada pelo seu nome binomial e pelo nome comum e integrada sucessivamente num género, eventualmente subfamília, família, ordem e clado.

... ver taxonomia ►

Descrição.

Descrição da planta e das várias partes: a planta completa, a raíz, o caule, a flor, o fruto e a folha. Dado que as descrições utilizam inevitavelmente terminologia botânica estranha à maioria dos visitantes do Portal, incluí um glossário que permite, na medida do possível, trocar cada termo bizarro por uma definição medianamente compreensível.

... ver botânica ►

Variedades.

Qualquer pessoa consegue distinguir uma "bravo de esmolfe" de uma "starking" ou de uma "golden". Mas, se lhe perguntarmos que fruta é essa, responderá certamente que são maçãs. A distinção entre o que é uma espécie e o que são as suas variedades é aceite comumente e é fácil de compreender. Este tópico é destinado a apresentar as variedades de uma espécie, as que existem no Tremontelo e são ilustradas por fotografia e outras, que não existindo, são mencionadas a título de curiosidade.

No Tremontelo.

Informação sobre o aparecimento de cada espécie no Tremontelo e da sua história ulterior. Alguns exemplares já cá se encontravam, outros foram comprados em semente ou envasados, muitos apanhados algures na forma de sementes ou de estacas e alguns oferecidos. Nem todos sobreviveram. A geada foi a causadora da maioria dos desparecimentos.

Mais informação.

Aponta para todo o tipo de referências relacionadas com a espécie descrita, desde sites online a livros e revistas. Em muitos casos, considera-se que as referências online contêm informação suficiente que dispensa (temporariamente) uma descrição mais elaborada da minha parte. É tudo uma questão de tempo e o tempo é o recurso mais escasso das nossas vidas. Em Ajuda | Referências encontram-se vínculos para as páginas principais dos sítios online e as referências bibliográficas das obras físicas consultadas.

... ver referências ►

Acesso

A forma de aceder ao tópico "Inventário" é através do menú principal seleccionando e clicando sobre o item "Inventário":

Menu inventario

Quando seleccionado, os caracteres aparecem sombreados com um rectângulo com fundo cinzento. Após a apresentação da página, o fundo converte-se em azul e os caracteres são apresentados a branco. Esta situação irá manter-se enquanto estiverem abertas quaisquer páginas referentes a este tópico.

Se clicar sobre um tópico do submenu, aparecerá a página correspondente ao nível seleccionado contendo uma lista com todos os taxa inventariados no Portal ordenados alfabeticamente.

O acesso a uma espécie pode ser feito por navegação, descendo ou subindo páginas estruturadas hierarquicamente, ou por pesquisa, introduzindo um critério de busca.

Acesso por navegação

Há várias maneiras de aceder por menu à página de uma espécie:

  • descer a hierarquia taxonómica, página a página, do clado a uma ordem seleccionada, da ordem a uma família seleccionada e da família à espécie pretendida. Em cada nível, há informação referente a esse nível e aos níveis abaixo; 

... experimentar navegar na árvore ►

  • seleccionar uma classe intermédia no sub-menu InventárioOrdens ou no sub-menu Inventário | Famílias e proceder como anteriormente;
  • seleccionar a espécie directamente a partir de uma lista ordenada alfabeticamente pelo nome binomial à qual se pode aceder através do sub-menu Inventário | Espécies, ou directamente através do botão [Todas as espécies]. 

... experimentar seleccionar uma espécie ►

Este procedimento é o mais rápido para quem estiver familiarizado com o nome binomial da espécie. O primeiro e o segundo, mais lentos, são mais informativos para quem queira adquirir algum conhecimento sobre as afinidades das espécies. Por exemplo, para ficar a saber que a maçã, a silva, a cereja e o espinheiro pertencem à mesma família, a família das rosáceas, e o que é que têm de comum. Este conhecimento é muito útil, quer para o cultivo, quer para as utilizações das plantas.

Acesso por pesquisa

O acesso por pesquisa pode ser iniciada a partir do botão [Procurar uma espécie] ou da caixa de pesquisa Pesquisar

A maioria dos leitores certamente desconhece a designação científica das espécies. Se for esse o caso, pode aceder através da pesquisa, devendo porém tomar em consideração a seguinte ressalva: o motor de pesquisa assinala todas as ocorrências da cadeia de caracteres proposta como critério de busca pelo utilizador. 

Por exemplo, se escrever "maçã", a pesquisa encontrará algumas dezenas de resultados porque essa expressão está contida, por exemplo, em "informação". O mesmo se irá verificar com "rosa", "pera", etc.

De uma maneira geral, designo a espécie pelo nome comum da árvore e não do fruto, mas não garanto ter sido sempre consistente na aplicação desse critério. Se pesquisar "macieira" vai encontrar um número reduzido de ocorrências. Escolha então, entre essas ocorrências, o artigo da categoria "Género e Espécies". Os outro artigos referem-se, certamente, à poda das macieiras ou, então, informam que esta espécie pertence à família das rosáceas (rosaceae) ou à ordem dos rosais (rosales).

... experimentar a pesquisa por inserção de um critério (termo de pesquisa) ►

Se o critério introduzido falhar, sugiro que vá ao Google e procure por "maçã wiki" (ou "rosa wiki", ou "pera wiki"). Vai-lhe aparecer a página da Wikipédia referente a essa espécie onde irá descobrir, por exemplo, que o nome binomial da maçã é "malus domestica" (atenção que em latim não existem acentos). Então, volte ao menu e introduza esse nome binomial na pesquisa.

 

Como navegar

O Portal das Angiospérmicas está organizado em vários tópicos:

 O Lugar e a Flor: a página de entrada do portal, continuada nas páginas seguintes (páginas públicas):

  • O Sítio do Tremontelo... (história e descrição do lugar)
  • ... e as plantas com flor (breve apanhado das plantas angiospérmicas encontradas no lugar)

O Sítio:

  • Os lugares (galeria de fotografias)
  • Os habitantes do lugar (galeria de fotografias)
  • Os processos:
    • O cultivo (página pública) desenvolvido nas seguintes páginas:
      • Propagação
      • Compostagem
      • Adubos verdes
      • Irrigação
      • Poda
      • Geadas
      • Pestes e doenças
    • A utilização (página pública) desenvolvido nas seguintes páginas:
      • Plantas aromáticas
      • Plantas na cozinha
      • Plantas medicinais
      • Plantas ornamentais
    • Calendário

O inventário: o levantamento e organização das angiospérmicas do Tremontelo.

  • Espécies
  • Famíliass (páginas públicas)  (inclui galerias de fotografias) 
  • Ordens (páginas públicas)
  • Clados (páginas públicas)
Botânica: noções (muito) básicas sobre plantas e classificações taxonómicas:
  • Partes da Planta
  • Taxonomias:
    • Classificações
    • Classificação científica
    • Níveis taxonómicos
    • Classificação ordinal
  • Química da Vida Vegetal:
    • Hormonas
    • Óleos essenciais
    • Metabolismo
    • Nutrição
  • Referências:
    • Referências on-line
    • Livros (físicos)
  • Glossário (página pública)